1. Verifique a integridade do site. É importante verificar se é um site seguro, geralmente representado por um cadeado e a mensagem de conexão segura;
 
    2. Tome cuidado com endereços parecidos, mas não corretos. Em alguns casos, os golpistas podem utilizar links com nomes bem parecidos com os reais;
 
    3. Sempre que possível, utilize a autenticação em dois fatores e senhas complexas;
 
     4. Não escreva dados pessoais ou sensíveis em páginas suspeitas;
 
    5. Não utilize softwares piratas.
 

Quer saber mais sobre Cibersegurança, acesse: bit.ly/Dicas_DadosConfidenciais